Em lista divulgada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mais da metade dos alimentos consumidos pelos brasileiros está contaminada pelos agrotóxicos.

Dos 18 tipos de alimentos analisados, a batata foi o único que não apresentou nenhum lote contaminado. O pimentão ficou em primeiro lugar, com 91,8% dos lotes contaminados. Seguido de morango, pepino e alface, em que mais da metade dos lotes continham agrotóxicos em excesso.

Ranking de quantidade de amostras contaminadas por agrotóxicos

  1. Pimentão: 91,8%
  2. Morango: 63,4%
  3. Pepino: 57,4%
  4. Alface: 54,2%
  5. Cenoura: 49,6%
  6. Abacaxi: 32,8%
  7. Beterraba: 32,6%
  8. Couve: 31,9%
  9. Mamão: 30,4%
  10. Tomate: 16,3%
  11. Laranja: 12,2%
  12. Maçã: 8,9%
  13. Arroz: 7,4%
  14. Feijão: 6,5%
  15. Repolho: 6,3%
  16. Manga: 4%
  17. Cebola: 3,1%
  18. Batata: 0%

Quais os riscos de se ingerir agrotóxicos?

Segundo a Anvisa, o consumo prolongado e em quantidades acima dos limites pode acarretar diversos danos à saúde. Quando há uma exposição menor, sintomas como dores de cabeça, alergia e coceiras são bem comuns. Já a alta exposição aos venenos pode causar distúrbios do sistema nervoso central ou até mesmo câncer.

Como lavar os alimentos

  • Lave frutas e hortaliças por um minuto com uma esponja e detergente neutro;
  • Tire as folhas externas das verduras, elas concentram mais agrotóxicos;
  • Frutas de casca fina concentram mais agrotóxico. Lave-as em água corrente com sabão, enxague bem e descasque-as.

A melhor forma de evitar agrotóxicos é consumindo alimentos orgânicos. Se não for possível, uma boa forma de eliminar parte dos resíduos é deixar o alimento de molho em uma solução de 1 litro de água e uma colher de sopa de bicarbonato de sódio por 30 minutos.

Ajustar fonte

AVISO

Tendo em vista o encerramento do contrato, o Hospital Estadual de Pirenópolis não é mais gerido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar - IBGH.

As informações constantes neste site referem-se ao período em que a gestão da unidade de saúde estava sob responsabilidade do instituto e estão sendo mantidas em cumprimento às leis de transparência vigentes.