O mês de outubro é conhecido mundialmente pela cor rosa. O movimento foi criado nos anos 1990 e teve como principal objetivo conscientizar as pessoas sobre o câncer de mama e a necessidade do diagnóstico precoce. O Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado (HURSO), como apoio à campanha, iluminou a fachada de rosa, além de outras ações de apoio, como a instalação de murais informativos e outros.

Existem vários tipos de câncer de mama, sendo que alguns se desenvolvem mais rápido que outros. Exames de rotina, como a mamografia, ainda são considerados a melhor forma de detectar e tratar a doença, e assim, aumentar as chances de cura. “O Outubro Rosa é o mês oficial da conscientização sobre o câncer de mama. Porém, os métodos preventivos devem ocorrer em todos os meses.” Destacou Rosiani Freitas, psicóloga do HURSO.

Entre os principais sintomas estão nódulo único endurecido, irritação, inchaço, dor ou vermelhidão na mama, retração da pele, secreção sanguinolenta no mamilo e inchaço no braço. O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da ama, que formam um tumor. Segundo Ronny Resende, diretor geral do HURSO, o papel da unidade é levar informação de qualidade para a população. “Nos programamos para trabalhar o outubro rosa em todos os setores. Acredito que somente através da disseminação de informação é possível reverter o triste índice de mulheres acometidas pelo câncer”, finalizou.

Ajustar fonte