O Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste (HURSO) está sempre preocupado com a segurança, tanto de seus usuários quanto dos colaboradores. Pensando em como reforçar este cuidado, foi promovida uma palestra sobre a importância do uso dos Equipamentos de Proteção Individuais, conhecidos como EPI’s. “É o Projeto ‘Eu cuido de mim’ que tem o objetivo de conscientizar e trazer disciplina para os colaboradores do HURSO quanto ao uso de EPI’s”, explicou Amanda Sá, advogada e palestrante.

Qualquer atividade profissional que possa oferecer algum risco ao trabalhador deve ser cumprida com o uso de EPIs. Esse é o caso do trabalho desenvolvido em um ambiente hospitalar. Na lista de equipamentos estão os protetores auriculares, mangotes, luvas, botas, cintos de segurança, óculos, entre outros.

Irismar Gomes, técnico em segurança do trabalho, falou sobre a importância do treinamento. “É importante para o conhecimento dos colaboradores sobre como manusear os EPIs e sobre sua conservação. Além de identificar os riscos de cada função e qual EPI é necessário para cada atividade”, explicou.

Saúde é proteção

EPIé importante para proteger os colaboradores individualmente, reduzindo qualquer tipo de ameaça ou risco. O uso dos equipamentos de proteção é determinado por uma norma técnica chamada NR 6, que estabelece que os EPIs sejam fornecidos de forma gratuita ao trabalhador para o desempenho de suas funções dentro da empresa.

“O nosso maior objetivo aqui é preservar a vida. Se a gente entender que o Hospital é um ambiente insalubre, já temos a consciência de que usar os EPI’s é fundamental”, comentou Amanda.

O uso de EPI’s é obrigatório. “Nós que estamos dentro de um Hospital, estamos expostos à vários riscos. É essencial usarmos equipamentos de proteção, tanto para nossa segurança quanto para do paciente”, declarou Elessandra Sousa, auxiliar de serviços gerais.

Saiba mais sobre os EPIs

Ajustar fonte