A segurança no processamento e na distribuição das refeições não é garantida se não houver também a higienização correta dos utensílios, dos equipamentos e do ambiente. Pensando nisso, Zilaine Carneiro, supervisora do Serviço de Nutrição e Dietética (SND) do Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste (HURSO) organizou um treinamento sobre o assunto.

Com foco na Higienização e Desinfecção da Estrutura Física, Equipamentos, Utensílios Hortifrutigranjeiros, o treinamento ocorreu na última terça-feira, 21 de agosto com a equipe do SND.

A capacitação abordou o passo-a-passo da limpeza de cada área da cozinha, os materiais utilizados, sua periodicidade e equipamentos de proteção individual (EPI) necessários.

Segundo Zilaine, os alimentos podem estar sujeitos a diferentes fontes de contaminação que estão relacionadas ao manuseio e procedimentos inadequados durante o preparo e distribuição. “Caso todos os passos não sejam feitos corretamente, a higienização não será adequada” adverte a supervisora.

Rotinas de Higienização do Ambiente e Utensílios

A periodicidade, juntamente com o material utilizado e o método de limpeza, está entre um dos aliados para a completa desinfecção de uma unidade de alimentação. O calendário será posto em prática com procedimentos que vão desde cuidados diários a semestrais.

Áreas de limpeza diária:

– Bancadas
– Paredes próximas ao fogão e aos lavatórios;
– Lavatórios (pias e cubas);
– Maçanetas e puxadores dos equipamentos;
– Pisos, rodapés e ralos;
– Área externa por onde transita o lixo;
– Recipientes de lixo.

Áreas de limpeza semanal:

– Área sob as bancadas;
– Estrados;
– Interruptores e tomadas;
– Paredes, portas e janelas;
– Prateleiras e armários.

Áreas de limpeza mensal:

– Luminárias;

–  Telas milimétricas;
– Teto;
– Tubulações – externamente.

Áreas de limpeza semestral:

– Reservatórios de água;
– Tubulação da exaustão – internamente.

 

Ajustar fonte

AVISO

Tendo em vista o encerramento do contrato, o Hospital Estadual de Pirenópolis não é mais gerido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar - IBGH.

As informações constantes neste site referem-se ao período em que a gestão da unidade de saúde estava sob responsabilidade do instituto e estão sendo mantidas em cumprimento às leis de transparência vigentes.