Uma equipe médica da Central Estadual de Transplantes esteve no Hospital de Urgências da Região Sudoeste (HURSO), no município de Santa Helena, para realizar a retirada de órgãos de um paciente que sofreu morte encefálica. O episódio ocorreu no sábado, após um acidente de trânsito na cidade de Mineiros.

A equipe é composta por dois médicos e dois enfermeiros; e retirou os rins e córneas da vítima de 68 anos. Estes órgãos estão disponíveis no Cadastro Nacional de Transplantes de Órgãos e podem ser enviados a qualquer paciente compatível no Brasil. A maior chance é que sejam transplantados no próprio estado de Goiás. Todo o procedimento legal foi feito para que a doação possa ser realizada. A vítima passou por dois exames clínicos de diferentes médicos; além de um eletroencefalograma feito por um neurocirurgião que confirmou a morte encefálica da vítima. A família da vítima autorizou a doação de seus órgãos.

Unidade capacitada

A retirada dos órgãos durou cerca de três horas. O HURSO está capacitado para este tipo de procedimento e este é o primeiro caso de captação de órgãos no local após o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) assumir a administração da unidade, no final de 2017.

Ajustar fonte

AVISO

Tendo em vista o encerramento do contrato, o Hospital Estadual de Pirenópolis não é mais gerido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar - IBGH.

As informações constantes neste site referem-se ao período em que a gestão da unidade de saúde estava sob responsabilidade do instituto e estão sendo mantidas em cumprimento às leis de transparência vigentes.