Celebrada em mais de 150 países, o Dia Mundial da Alimentação é comemorado em dezesseis de outubro. A data visa trazer uma reflexão sobre as questões relacionadas a nutrição e alimentação. O Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado (HURSO) promoveu distribuição de informativos sobre a importância de manter uma alimentação saudável e balanceada.

Para Fernanda Rosa, supervisora de NSP, o ideal não é cortar nenhum alimento, mas comer com equilíbrio e escolher alimentos saudáveis. “É importante reduzir ao máximo as frituras, alimentos industrializados e ultraprocessados, como salsichas, apresuntados, refrigerantes e salgadinho ensacado”, enumerou.

Uma alimentação saudável depende de uma diversidade alimentar, e deve ser adequada a cada indivíduo conforme assistência prestada por um profissional nutricionista. Orientações sobre quantidade e como combinar os alimentos estavam presentes no informativo distribuído para os profissionais que atuam na unidade.

Dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) apontam que 40 milhões de crianças menores de cinco anos estão acima do peso. Diversas causas levam a esse acometimento, como por exemplo a rotina diária dos pais que preferem fornecer alimentos industrializados e processados aos filhos.

Ajustar fonte