Com a novidade, a promessa é de maior transparência e agilidade para os pacientes que necessitam de vagas em especialidades, exames e cirurgias.

O Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste (HURSO) implantou na última semana um novo sistema de regulação das vagas de atendimento ofertadas na Unidade. O programa visa integrar e agilizar a regulação de pacientes em todo o estado de Goiás, através do Complexo Regulador do Estado (CRE).

Como explica Jefferson Santos, representante da empresa Duo System, desenvolvedora do sistema SERVIR, o programa possibilita que o Hospital insira os dados pessoais e de estado de saúde dos pacientes garantindo que as demais unidades de saúde tenham acesso para verificarem a disponibilidade de vagas de forma ágil e unificada. “Tanto as unidades hospitalares quanto as regulações conseguem responder muito mais rapidamente a necessidade do paciente”, garantiu Jefferson.

Organização e respeito ao quadro

Durante o treinamento foi apresentada a nova plataforma e foram feitas as demonstrações práticas de seu funcionamento. Mirian Rodrigues, executora administrativa e supervisora temporária do Núcleo Interno de Regulação do HURSO, explicou que antigamente era aberta uma solicitação de vaga que tinha uma validade diária. Assim, caso não houvesse alguma disponível deveria ser aberta uma nova ficha no dia seguinte. Com o CRE, só é dada baixa na solicitação quando foi finalizado todo o processo e o paciente receber o atendimento.

O novo sistema conta ainda com a possibilidade de anexar exames de imagem, laboratoriais e laudos médicos. Isso garante uma maior segurança ao regular o paciente para transferência de outra Unidade Hospitalar. “O médico regulador não vai ficar apenas com o que o operador está digitando; ele vai ver ter acesso aos exames do paciente. Isso melhora muito a busca da vaga, pois realmente fica fidedigna a questão clínica do paciente,” relatou Mirian.

Ajustar fonte