O Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste (HURSO), em Santa Helena, está apoiando a campanha da Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientização sobre o Dia Internacional da Segurança do Paciente que é comemorado em 17 de setembro.

Em todo o mundo, medidas com foco na Segurança do Paciente vem recebendo grande importância entre gestores e profissionais de saúde. No caso do HURSO, para garantir as seis metas de segurança preconizadas pela OMS existe um Núcleo de Segurança do Paciente (NSP).

Fernanda Rosa, supervisora do NSP, explicou que “o intuito é ser uma instância responsável por promover ações de prevenção, controle e investigação dos incidentes que envolvem nossos pacientes”.

Segurança na prática

A segurança do paciente está sempre em primeiro lugar no HURSO. “Nós estamos sempre atentos aos usuários, pois aqui eles são prioridade”, destacou Marlene Inácia, técnica de enfermagem.

Os pacientes também reconhecem esse esforço. “Aqui eu fui muito bem orientada e bem cuidada, sempre conferiram meu nome antes dos medicamentos e me passaram uma segurança enorme. Sou grata a cada um pelo cuidado”, comentou Stefania Nunes, paciente.

“No processo de identificação do paciente, ficou alinhado junto à qualidade o questionamento ao paciente sobre o nome completo, e a data de nascimento. Isso garante que o profissional faça a dupla checagem, evitando erros”, informou Fernanda.

Ajustar fonte