O Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste (HURSO) recebeu da Secretaria de Saúde (SES-GO) um equipamento de Raio-X digital altamente tecnológico que será de grande valia para a unidade e seus usuários.

Dentre os pontos positivos do equipamento está a proteção ao meio ambiente pois exige o uso de menos produtos químicos, redução nos níveis de radiação, interpretação mais fácil das imagens e diminuição na possibilidade de erro humano.

“Esse novo equipamento conta com o sistema totalmente digital. Ele vai garantir mais agilidade e praticidade na hora de realizar os exames. Por exemplo, um dos ganhos em praticidade é que o exame pode ser realizado com o paciente sentado, no caso de quem usa cadeira de rodas”, lembrou Jardinal Ribeiro, técnico em radiologia.

Benefícios da radiografia digital

A Radiografia Digital surgiu em 1987 e foi influenciada pelo início da era tecnológica. Desde então, tem evoluído significativamente e já foi adotada pelas principais clínicas de radiologia do mundo. A proteção ao meio ambiente está entre os ganhos. Como o método é digital, diferentemente do convencional, não exige a utilização de produtos químicos durante o processamento das imagens que, entre outras desvantagens, são tóxicos ao meio ambiente.

Além disso, o equipamento digital reduz os níveis de radiação.  “A frequente exposição aos Raios-X pode ser prejudicial à saúde, principalmente nos casos de repetição do exame”, contou Heleno Vitor, gerente administrativo do HURSO.

A fácil interpretação de imagem também é um ponto positivo desse equipamento. “O processo analógico leva, em média, 10 minutos para exames de filmes simples. Já no digital, o período desde a captura da imagem até sua exibição no monitor dura em média 5 segundos”, afirmou Jardinal.

Dentre esses benefícios também temos a diminuição da repetição de exames. “Como a imagem chega em alta qualidade para nós, conseguimos reduzir consideravelmente esse número de repetição”, relatou Nairton Meireles, técnico em radiologia. Ele também comentou sobre o armazenamento digital dos exames. “Além de não precisarmos mais imprimir naquele filme antigo, o médico tem acesso ao exame do paciente na hora e em qualquer lugar”, finalizou.

Ajustar fonte