Dia 12 de maio marca o Dia Mundial da Enfermagem e no dia 20 do mesmo mês, comemora-se o Dia do Técnico de Enfermagem. Para comemorar esses dias tão especiais, a Diretoria do Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste (HURSO) fez uma homenagem com direito a mesa de doces, apresentações de balé, músicas, palestras e até chuva de pétalas.

“A equipe de enfermagem é aquela que está envolvida diretamente com o paciente, dando todo cuidado necessário. É muito bom quando somos reconhecidos”, contou Nágela Arantes, técnica em enfermagem.

A importância de comemorar essa data

O Dia Internacional da Enfermagem é celebrado mundialmente desde 1965. Porém, oficialmente esta data só foi estabelecida em 1974, a partir da decisão do Conselho Internacional de Enfermeiros. O dia 12 de maio foi escolhido como homenagem ao nascimento de Florence Nightingale, considerada a “mãe” da enfermagem moderna.

A profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. Durante séculos, a enfermagem vem formando profissionais em todo o mundo, comprometidos com a saúde e o bem estar do ser humano. “Nós somos as pessoas que deixam os familiares e tudo em casa para cuidar da dor do próximo. O que fazemos, é por amor, e ver o sorriso no rosto de um paciente que acompanhamos não tem preço”, relatou Alvino Júnior, enfermeiro.

A enfermagem é a profissão do cuidado. É uma profissão elaborada, que envolve aspectos humanos, técnicos e científicos. Os profissionais executam procedimentos complexos que precisam ser apreendidos e muito bem treinados. “A gente precisa ter preparo psicológico para essa profissão. É difícil não se apegar. Já perdi as contas de quantas vezes chorei escondido pela perda de um paciente, só que isso é coisa que pouca gente vê”, finalizou Alvino.

Ajustar fonte