A enfermeira e supervisora de enfermagem do Hospital Estadual da Região Sudoeste (HURSO), Meiriellen de Souza Costa, foi uma das 42 homenageadas pelo Conselho Estadual de Enfermagem de Goiás (Coren-GO) com o Prêmio Destaque de Enfermagem 2019. O evento de premiação ocorreu na noite de quarta-feira, dia 29 de maio, no Centro de Convenções de Goiânia.

Esta é a décima edição do prêmio em que são reconhecidos os destaques da enfermagem de todo o estado de Goiás. “Agradeço ao meu diretor assistencial, Rafael Ferreira Ramos, e ao Coren-GO pela indicação. Nos prestigia pelo trabalho que realizamos com amor pelos pacientes”, afirmou Meiriellen.

Os destaques de cada unidade são indicados pelos gestores hospitalares para receber a homenagem. Para Meiriellen, o HURSO tem uma importância estratégica ao atender boa parte do estado. “O Hospital, com o apoio do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), garante o máximo para realizarmos um trabalho de qualidade. Tudo o que precisamos nos é oferecido para o atendimento ao público”, ressaltou.

O diretor assistencial do HURSO, Rafael Ferreira Ramos, foi responsável pela indicação de Meiriellen. Rafael acompanhou a premiação e disse que, através da colega homenageada, o HURSO valoriza o trabalho de toda sua equipe de enfermagem. “É com muito orgulho que indiquei Meirielen para receber o prêmio. A homenagem se estende a todos os profissionais que fazem o HURSO ser reconhecido pela qualidade do serviço prestado”, lembrou.

Reconhecimento

Para a presidente do Coren-GO, Ivete Santos Barreto, esta homenagem é uma demonstração de reconhecimento do trabalho de cada um dos profissionais de enfermagem. Ivete destacou que esta é a principal homenagem que o profissional de enfermagem pode receber em Goiás pela valorização do seu trabalho.

A presidente ressaltou ainda que o Coren-GO fiscaliza e acompanha o desenvolvimento do trabalho do profissional de enfermagem em todas as unidades de saúde em Goiás. “Os enfermeiros, enfermeiras, técnicos e auxiliares de enfermagem estão de parabéns. A enfermagem sustenta o SUS e o serviços de saúde com seu trabalho incansável e 24h”, comentou.

Campanha

Este ano, o tema internacional para a Mês da Enfermagem foi “Onde há enfermagem, há vida. Onde há vida, a enfermagem está”. Durante o mês de maio, o Conselho realizou mais de 30 atividades em prol da valorização da profissão. 85% da categoria é composta por mulheres.

Ivete informou que o Fórum Nacional dos Conselhos Regionais tem trabalhado pela melhoria das condições de trabalho, como a jornada de 30 horas semanais e a aposentadoria com 25 anos de serviço. “No Brasil, há mais de 2 milhões de profissionais de enfermagem atuando em todas as unidades de saúde; além de consultórios, instituições de vigilância epidemiológica e sanitária, escolas, universidades e vários outros locais. Mesmo assim, há espaços que deveriam contar com estes profissionais, mas ainda sofrem carência de enfermeiras e técnicos”, concluiu.

Ajustar fonte