De acordo com o Instituto de Meteorologia (Inmet), o Goiás atingiu umidade relativa de 5% na última semana. Esse é o menor percentual do ano em todo o país e pode acarretar uma série de problemas.

Sintomas como rinite, asma, garganta seca, dor de cabeça e irritação nos olhos e nariz são frequentes nessa época. Por isso, os cuidados precisam ser redobrados nessa época.

Como cuidar do corpo na seca

O pneumologista Adriano Lana Pereira explica que a probabilidade do tempo seco provocar sintomas de diversas doenças é grande. Em especial as respiratórias. “Nós somos basicamente água. Se mais da metade do nosso corpo é composto por água, caso falte esse líquido, todo nosso organismo não funciona bem”, explica o médico.

Outra consequência muito grave da seca é a desidratação. A baixa umidade relativa do ar pode causar dores de cabeça, cálculo renal, aumento de dermatites, rinite e sinusite. Em casos mais graves, pode até levar a uma pneumonia. “Lembrando que a consequência direta de uma infecção em que se retarda o tratamento pode se tornar generalizada”, adverte o pneumologista.

Enfrente o clima seco com medidas simples

  • Beba bastante água: a hidratação também pode ser feita com sucos de fruta naturais, água de coco, verduras e frutas suculentas;
  • Mantenha a casa limpa: o acúmulo de poeira pode desencadear as doenças respiratórias;
  • Deixe o sono mais fresquinho: umidifique o ambiente com toalhas molhadas, reservatórios de água e até umidificadores;
  • Cuide da pele: deixe a pele hidratada, utilize hidratantes e filtros solares, evite banhos quentes, demorados e o uso de buchas. Eles agridem a pele;
  • Esporte na hora certa: é recomendado que os exercícios físicos sejam feitos nas primeiras horas da manhã, no final da tarde ou à noite.
Ajustar fonte

AVISO

Tendo em vista o encerramento do contrato, o Hospital Estadual de Pirenópolis não é mais gerido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar - IBGH.

As informações constantes neste site referem-se ao período em que a gestão da unidade de saúde estava sob responsabilidade do instituto e estão sendo mantidas em cumprimento às leis de transparência vigentes.