O ano mal começou e o número de casos de dengue já é preocupante para os goianos. Apenas em 2019, já foram notificados mais de 33 mil casos da doença em Goiás. O boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) revela que, além do extenso número de casos, 34 mortes podem ter relação com a doença.


A Dengue é uma doença viral que é transmitida por mosquito. Conhecido como Aedes Aegypti, a larva do mosquito se desenvolve em água parada, seja ela limpa ou suja. A prevenção é muito importante para evitar o mosquito, sendo essa uma das melhores formas de evitar a transmissão da dengue.


É comum que no início do ano o número de casos seja mais alto devido à alta incidência de chuvas em todo País. Entretanto, o Brasil apresenta um aumento de mais de 200% de casos da doença em apenas um ano. É importantíssimo que toda a população se una no combate à dengue. Essa é uma doença muito séria e que já levou a óbito 62 brasileiros no ano de 2019.

Sintomas


A dengue possui quatro tipos de variações do vírus, mas eles normalmente apresentam os mesmos sintomas. Fique atento e vá ao médico caso você sinta:


– Início de mal-estar súbito,

– Febre alta,

– Dores de cabeça,

– Cansaço,

– Dor muscular e nas articulações,

– Enjôo,

– Pele fria e úmida,

– Dores atrás do olho,

– Manchas e erupções na pele,

– Indisposição,

– Vômitos.


Fique alerta para a reincidência da doença. Ou seja, caso você seja infectado mais de uma vez. Um dos casos mais graves da dengue é conhecido como dengue hemorrágica. Ela acontece quando a pessoa infectada com dengue sofre alterações na coagulação sanguínea. Geralmente os sintomas são acompanhados de uma queda na pressão arterial do paciente, podendo gerar tonturas e quedas. Quando não tratada, ela pode levar a óbito.


Previna-se!

As principais maneiras de se prevenir a propagação da dengue são através da eliminação do mosquito transmissor e da vacina. A vacina contra dengue é feita com o vírus atenuado. Ou seja, o vírus é enfraquecido para garantir que não cause a doença, mas seja capaz de gerar uma resposta imunológica do seu organismo.


Além da vacina, eliminar focos de propagação do mosquito é muito importante. Fique de olho:

– Jogue fora pneus velhos,

– Mantenha caixas d’água e cisternas sempre fechadas,

– Vire garrafas com a boca para baixo,

– Lave regularmente as vasilhas dos bichos de estimação,

– Coloque areia nos pratos embaixo dos vasos de plantas,

– Use telas nas janelas para evitar o mosquito.


Toda população pode solicitar também visitas ou fazer denúncias de locais que tenham foco da dengue ligando gratuitamente para o telefone 0800 646 1520.
Um grupo de agentes atende as denúncias e solicitações e estas passam por um controle, logo depois a visita é confirmada.

 

A dengue é um grande perigo para todos e deve ser combatida. Faça a sua parte!

Ajustar fonte